terça-feira, 23 de outubro de 2007

Metodologias com "TIques"

No seguimento desta animação, encontrada no Youtube pela Inês Conceição, não resisti à oportunidade de lançar o seguinte tema de discussão:
Tecnologia ou Metodologia?

Desafiamos os leitores do blogue do Projecto Interact a deixar aqui o seu comentário, dando-nos a conhecer exemplos concretos observados na escola, que demonstrem:
  • a efectiva integração das TIC no currículo;
  • uma boa simbiose entre a tecnologia e a metodologia;
  • metodologias inovadoras e projecto pedagógico com as TIC.
(Será mais fácil encontrar uma agulha num palheiro? - dizia há dias um amigo...)

Já agora, e o quadro interactivo na sala de aula?!
Esta preciosa ferramenta tecnológica poderá facilitar
a simbiose entre as TIC e novas metodologias de ensino e aprendizagem?
Ou será que continuaremos com as mesmas metodologias com novos Tiques?

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

By the time I watched the video below, I couldn´t help coming up with a next topic for discussion: Technology and Methodology?

We´d like to invite the readers of the blog Interact Project to leave your comments here, giving us to hear concrete examples observed in the school, showing:

* The effective integration of ICT into the curriculum;
* A good symbiosis between technology and the methodology;
* Methodologies and innovative educational project with ICT.

("Will it be easier to find a needle in a haystack?" - Said
a friend a few days ago...)

By the way, and the interactive whiteboard in the classroom? !
Could this valuable technological tool facilitate the symbiosis between the ICT and new methods of teaching and learning?
Or would teachers continue with the same methods but with a new
biased or empty approach?
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

6 comentários:

  1. Dou-lhe os meus sinceros parabéns pelo magnífico trabalho que desenvolve neste espaço.
    Cumprimentos,

    José Carreira

    ResponderEliminar
  2. Dou-lhe os meus sinceros parabéns pelo magnífico trabalho que desenvolve neste espaço.
    Cumprimentos,

    José Carreira

    ResponderEliminar
  3. Viva, caro José Carreira,
    em nome de todos os professores envolvidos no Projecto, agradeço o elogio. Tentaremos corresponder mais e melhor aos desafios, dando a conhecer as múltiplas experiências enriquecedoras com os quadros interactivos.
    Até já.
    JPS

    ResponderEliminar
  4. Carlos Vieira7:31 da tarde

    Olá José Paulo
    Tenho vindo a dedicar algum do meu tempo a esta questões da aplicação dos quadros interactivos em sala de aula. Por isso achei muito interessante esta pequena animação, pois ela reflecte tudo aquilo que tenho vindo a observar no meu dia a dia na escola.
    A questão "tecnologia ou metodologia" é importante, e curiosamente já tinha pensado que o problema não estava na tecnologia mas no modo como os professores as aplicam.
    Mas como aplicar, como planificar uma aula..., é esse o meu problema neste momento.
    Vêmo-nos nas aulas do Doutoramento.
    Um abraço
    Carlos Vieira

    ResponderEliminar
  5. Fernando Campos8:26 da tarde

    Olá José Paulo

    Como sabes sou um iniciado nestas questões dos quadros interactivos.
    Penso no entanto que têm um grande potencial e que as melhores metodologias e recursos educativos digitais, ainda estão por inventar. É uma área de estudo com muito para desenvolver do ponto de vista pedagógico e com imenso potencial.

    Abraço

    Fernando Campos

    ResponderEliminar
  6. Viva, caro Fernando
    talvez não concorde com a tua afirmação quanto ao "estão por inventar"... Em primeiro lugar, grande parte dos professores desconhecem outras metodologias de ensino, além daquele que viram e modelaram ao longo de anos na escola e que se solidificou na formação inicial; poucos tiveram a oportunidade de conhecer outras abordagens ao processo de ensino e aprendizagem, mesmo sem tecnologias!!! A tradição mantém-se, mesmo junto de jovens professores: um ensino tradicional, o método momentâneo... Quem conhece o modelo de diferenciação pedagógica, por exemplo, aplicado pelos professores do Movimento da Escola Moderna?
    E quanto aos recursos? Ao longo de anos, foram produzidos milhares de conteúdos digitais nas acções de formação de professores... Onde estão eles? Não deveriam ser acessíveis a todos?

    Falaremos mais sobre isto, certamente...

    Abraço

    ResponderEliminar

Escreva aqui o seu comentário ao texto! Obrigado pela sua participação...